domingo, fevereiro 12, 2006

Books e Bilhas

Sabem como é, ficamos sentadas com o cabelo todo espetado e geometricamente separado por pratinhas coladas ao descolorante e aquilo dura horas. Depois vem o banho de cor e ali ficamos de mãos cheias, que literatura é coisa que não falta nos salões de estética. Estava eu a tentar saber as razões da depressão do Cláudio, que para deprimido nem estava mal na fotografia, quando começo a ouvir falar de um book. Olhei para o rapazito que se sentou na cadeira ao meu lado e em cuja cabeça a menina trabalhava, de tesoura afiada e intriguei-me: o chavalo vai a um book? Um BOOK???
Não me pareceu ter cara de menino especialmente dotado para as leituras, não me chamou a atenção pela forma das espáduas ou pelo tamanho dos bíceps ou por outra qualquer dimensão digna de registo. Mas ia fazer um Book! E ser famoso, acrescentava ela!
Fingi que estava a aprofundar a apreciação da roupinha das damas mais fotografadas nas festinhas sociais e fiz-me toda ouvidos. Afinal o jovem estava a apinocar-se para ir a uma espécie de mercado de escravos, digo eu, assim uma coisa de se mostrar (meu deus, o que teria ele para mostrar?) a um júri para ser seleccionado para os morangos com açúcar. Seria o máximo, dizia ele à menina da tesoura que quis saber dos pormenores para ver se também podia. Mas se não conseguisse podia ser que o quisessem para modelo fotográfico, era bem fixe. Sempre era melhor do que estar ali ao lado na loja de material de caça e pesca com clientes homens, quase sempre, e ainda por cima velhos, dizia ela com ar enfastiado.
Fiquei a pensar. Não era mau de todo. Empregos bons, sim senhor, numa época em que toda a polivalência é qualificada. Ao menos as pessoas aparecem, são conhecidas na rua… e quanto ao número de amigos e amigas… bem… aumenta para a centena, no mínimo. E roupinha nova e flashes e capas de revista. Ui, quem me dera!

Então tive uma ideia!
E se eu me candidatasse a uma coisa destas?

Vou fazer um port folio!

Aquilo deve ser uma peninha sobre os ombros a julgar pela maneira como ela se equilibra nos saltos. E depois, em casa do cliente... humm... eles juntam-se todos e ficam à espera. Imagino os ares da malandragem.


Se for escolhida muita coisa vai mudar na minha vida!

28 comentários:

mfc disse...

Esse anúncio e a canção do Dean Martin, "That's Amore" faz ressuscitar um morto!
Quero lá saber da bilha... ou se calhar quero!
Trocamos... eu dispenso o book!

pirata vermelho disse...

ia, ia...!



je t'assure

pirata vermelho disse...

ah...
o teu texto é giro!
faz um sorrir sarcástico a desejar desgraças

beijo
obrigado

Lúcia disse...

a menina quer ir distribuir bilhas?????????
eu só uso gasóleo e quem mo entrega é feio como uma bota da tropa.

chuvamiuda disse...

.....lá está a menina com as suas brincadeirinhas, o que lhe havia de dar agora, andar com a bilha de porta em porta, mas que raio de ideia a minha, coloquei gaz canalizado.....
Kiss e boa semana!

Rosario Andrade disse...

Bom dia Fausta!
...fora nos EUA essa historia da bilha e aposto que haveria muitas indemnizacoes por publicidade enganosa!!!!! ...ou sera que esta é uma nova carreira?

...tudo o que tens que fazer é pintar o cabelo...e esticá-lo! Nao te esquecas!
Bjico

jp disse...

tu drogas-te
ahahahahah

Mac Adriano disse...

Se tiveres o corpinho da menina da Galp e uma bilha igual à dela, és escolhida para o que quiseres.

stela disse...

Olha ao lado de quem é que ele havia de se sentar!!! ahahaha
bjs

Desconhecida disse...

Não custa nada tentar, não é? E se és assim "jeitosa" como a mocinha do gás, tens a vida feita.

Maria Manuel disse...

Mais um texto muito engraçado e - coisa extraordinária! - mereceu elogio do Pirata!... Com uma sorte destas ainda arriscas a ser escolhida!... ;-)

peciscas disse...

Aquilo é batota. A bilha está vazia e é feita de esferovite.
Mas q´interessa?
É uma menina helicóptero : gira e
b(v)oa!

kimikkal disse...

esses espécimens são uma peste que anda a alastrar-se...

ivamarle disse...

fica-te c'o a bilha, que sempre tem algum préstimo...

Luna disse...

falas de nhoff? ou é mesmo da bilha??

Didas disse...

Então mas isso não é um casting? E um booking não é marcar lugares em qualquer lado?
Eu na bilha não quero nada.

Fausta Paixão disse...

Eu sei lá, Didas, a malta mais nova muda tudo! E sempre com muita propriedade!

pirata vermelho disse...

'bookers' são umas raparigas que, nas agências, tratam de marcações para castings, entrevistas, filmagens etc

daí o chavalo ir fazer um book!
tá giro, sim senhora...

bem, já 'booker' é exótico e uma vez que os médicos dizem fazer uma pneumonia... porqu'é o rapazito não se houvera de poder sentir travolta e mandar uma de cosmopolitain?

pirata vermelho disse...

ah...! nada de mean associations com hooker - essas fazem geralmente o mesmo mas sem camaras nem agências

pirata vermelho disse...

ficou mal explicado...
a booker e a hooker trabalham em pontas opostas do mesmo filme - a booker está para a hooker como a patroa do saloon do clint eastwood está para a jenny greeneye.
a booker não tem que estar sempre 'atenta' mas também não se pode distrair muito porque a concorrência é grande (há sempre polacas-do-gás a chegar aos trinta anos...) e há sempre quem aproveite e 'trucas'! não se pode querer estar seco e trabalhar dentro da piscina...
a jenny-hooker só tem um aspecto básico contra ela -mas não tem que se incomodar com mais nada- vai ter que usar o mesmo corpo tod'a vida!

pirata vermelho disse...

(ganda confuson-seca! por isso é quem lá mora anda a pôr pó no nariz tod'o dia... make-up!)

pirata vermelho disse...

a booker, não! não tem que se preocupar 'tanto' com o corpinho! a booker pensa. é uma senhora... ou já foi jenny ou não foi hooker.

Luis Capucho disse...

vejam com...

Fausta Paixão disse...

ai pirata, tanto esclareces que me agitas a bilha. Sabes que eu sou assim mais do lado de fora e menos de lado de dentro. Sou lerdinha, prontos! Mas obrigada pelas explicações.

POLYPHEMUS disse...

Temos candidata ! A menina da bilha é polaca e estuda em Lisboa. Pode ser vista normalmente no bairro alto e diz que adorou levar a bilha. Para as entregas a galp precisa de rapazes fortalhaços, que aquela bilha era de plástico.

A Faustinha pode fazer a avaliação dos candidatos, de preferência 3 a 3, para despachar. Coisa que não deve ser novidade para si, é o chamado gang bang!
:)

sem cantigas disse...

invejas à parte a invenção/design português são geniais...
explico: a inveja é do jeito como a menina se equilibra sobre aqueles sapatos, porque carregar aquelas GARRAFAS não é problema!

pirata vermelho: obrigada pela explicação do book, não sabia, tem sentido sim senhor, vou ali ao book ver se tenho tempo pró atender!

fausta: que tal cabeleireiro unisexo, aconselhas? tantas coisas para alimentar a minha imaginação e eu agarrada a amores de perdição!

chuvamiuda disse...

.....desapareceu, a última vez que foi vista, foi a entregar uma bilha, entrou e não voltou a sair.....

Bilhas disse...

Alguém falou em Bilhas? :) ehehehe é que estava ali ao lado e pareceu-me!

Fausta... se por acaso quiseres uma carreira de futuro na entrega de bilhas passa por lá por casa! :)