sábado, fevereiro 03, 2007

O melhor jogador de mishu do mundo

Aliciou-me com aquele olhar matador, copo de vermute on the rocks na mão e muita, muita convicção. Não era comigo que falava mas ouvia-se bem o convite dirigido à companheira: “queres vir jogar michu p'ra minha casa? Não encontras ninguém tão bom a jogar mishu como eu”.
Eu, que tenho bom ouvido, apesar do som ambiente a muitos decibéis, ia ficando colada ao entusiasmo com que ele lhe dizia: “por cada cinco de seguida é a pontuação a subir”. E a parva fazia uma carinha de pouco convencida... Ao menos dizia que era giro comer sempre coisas diferentes, quanto mais não fosse por causa da música. Só nisso é que eu lhe dou razão, bem entendido, embora a música ali estivesse muito codificada. As opiniões das mulheres pouco me interessam, de facto... E ele que não, que não, que era mesmo necessário que fossem cinco iguais de seguida; e que o que fazia crescer o corpo era enfiar nas argolas – até lhes chamava donuts, imagine-se…
Que conversa! O pessoal depois de beber uns copos abusa das metáforas, pensava eu. Aquilo era musiquinha de engate, ‘tava-se mesmo a ver; e ela a dar-lhe p’ra trás! Palerma!!!
Pois o rapaz não era nada de se deitar fora e quando o ouvi dizer que passava horas naquilo até arregalei os ouvidos. Horas e horas pela noite dentro até já não ter forças nem concentração. Mas que era persistente e que não desistira até dar provas de ser o melhor.
De forma que, quando ela se despediu dizendo que não, que pelo menos hoje não estava preparada para aquele jogo, encarei-o de frente e lancei-lhe um sorriso cheio de sacanagem.
É claro que deu certo: pegou no copo e dirigiu-se à minha mesa com um ar triunfante: “Olá, sabias que eu sou o melhor jogador de michu do mundo? Sabias que sou detentor do record de 1790960 pontos? Queres vir a minha casa?"
Acham que ia perder a oportunidade? Pus a mão na malinha e confirmei se estava tudo em ordem; sim, tinha comprado outra caixinha, que aquilo gastava-se a uma grande velocidade; e nunca fiando nos gajos quando já estão com uns vermutes on the rocks no buxo! Mulher prevenida vale por duas.
Já em casa ligou os dois computadores e fez-me sentar ao lado dele: “tu jogas nesse e eu neste. O objectivo é este: o michu está esfomeado e tens de lhe dar comer. Se ele comer cinco peças iguais de seguida somas pontos, aí é que está o segredo da vitória”.
Ok, pensei, adoro jogos eróticos. Este gajo sabe fazê-las! Um mishu esfomeado devia dar cá uma luta!
… ... ...
Depois de duas horas a ouvir os dings, dongs, doings em séries de cinco e os poing-poing-poings, e de novo dings, e de novo doings e de novo dongs… a paciência esgotou-se: “alto lá com isto!, disse-lhe, tenho os olhos fodidos, os ouvidos até chiam, dói-me o pulso direito, já não aguento as costas nesta maldita cadeira… ... e as minhas expectativas reduzem-se a zero de cada vez que essa minhoca perde tamanho! Ainda vais ficar muito tempo a jogar?”
E ele: “é só até chegar aos dois milhões de pontos! E a minhoca tem nome - chama-se mishu! E se lhe deixo um corpo grande esmaga-se contra as pedras, não percebeste ainda?"
Estava no limite, eu!!! Levantei-me e gani, mas ele ainda teve lata para me dizer: "eu sei que sou o melhor do mundo mas tenho de deixar uma margem para ver se ninguém me bate nos próximos dias. Agora não posso desistir!”
E, sem tirar os olhos do monitor, sem reparar no pontapé que dei nas oito ou nove latas de cerveja alinhadas no chão da sala, no murro que dei na máquina do café e nas chávenas sujas que andavam lá por perto, acrescentou: “agora podes ir dizer a toda a gente que estiveste em casa do melhor jogador de mishu do mundo!”
Já na escada ainda continuei a ouvir os dings e os doings em séries sucessivas de cinco e a voz dele em som triunfante: “YESSSS!!!!!”

15 comentários:

bagaco amarelo disse...

lol, Fausta! olha, não é uma minhoca. É um dragão, que eu sou do norte... se bem que, com 9 latas de cerveja e uns vermutes, admito que o dragão costuma amansar... :)

Pseudo disse...

Que noite, fausta! A maior desilusão da tua vida perante tão exímio jogador, não?

Ines disse...

Que dragaozito sem graça!!!
Minhoca!
Minhoca mesmo!!!!
Parece que as metaforas estão mais no teu campo!!!!
EWhehehe

Fatyly disse...

gargalhadas :):):):):)

asdrubal tudo bem disse...

Não acredito que o bagaço desse uma nega para ficar a brincar com computadores.

Ness Xpress disse...

Eu não sou o melhor do mundo, cinco de seguida só se for na piscina - 25 metros de cada vez... - mas sou persistente e não desisto até ver a prova no brilho dos olhos.

marta disse...

Que bicho carpinteiro ele te saiu!
Michu ou não, o homem se é homem não pode por a minhoca a dormir.
Já não percebem nada.

LP disse...

lote n17, 3ºfrt.
não jogo michu e prefiro bacardi lemon, a música pode ser "love is not enough" dos N.I.N. ou "Ligth my fire",the doors, e há palavras que vindas de certas bocas fazem crescer o corpo e tenho um sofá novo...

Ps: não sou o melhor do mundo mas prefiro qualidade a quantidade...

Fausta Paixão disse...

boa oferta lp.
já fui espreitar o sofá. és uma pessoa de bom gosto, por isso é que viste parar aqui.

asdrubal, és um descrente. p'ra tudo é preciso ter fé!

ai marta essa da minhoca é de mestre! E inês, estamos de acordo!
E pseudo, como sabes aqui as frustrações já ganham as satisfações.

ness... parece-me a mim que deves ter uns bons biceps e um melhor trapézio, como qualquer bom nadador! estou curiosa. além de que percebes de motores como ninguém!

bagaço, meu querido: nem sei que te diga!!!!

mfc disse...

Cinco seguidas?!! Agora deu-te para andares a ver desenhos animados?!

Mushu disse...

Bem... esse mishu deve ser um primo meu beeeeeeeeeeemmm afastado... hahaha

bagaco amarelo disse...

asdrubal, obrigado pelo voto de confiança!

mixtu disse...

tenho que ir jogar essa porra..
yayaya

besitos

fui.. jogar

Erecteu disse...

Mishu? Que merda é essa?
Devias experimentar o Zbuim, é que eu sou o melhor do Zbuim.
Beijinhos

Lúcia disse...

ehehehehehehe, mishu?

há coisas melhores!!!!!!!