quinta-feira, março 23, 2006

Ufff...


Cansada mas feliz.
Mas digo-vos que a vida de uma mulher é dura quando começa a reparar nos músculos.
Ele é o bíceps, o deltóide, o rombóide, o trapézio…
Confesso que o trapézio põe-me doida mas o grande peitoral consegue as melhores proezas jamais vistas. Para não falar no grande oblíquo, que me deixou um pouco atordoada devido à volumosa compleição. E, sendo oblíquo, lá tive de me desengomar para lhe dar o jeito. Reconheço que andava a precisar de ginásio há uns meses mas sempre a adiar o momento da grande prova. Não é que estivesse ferrugenta mas uma mulher não pode parar uns dias, é mesmo uma questão de bem estar.
Já com o infra-espinhoso não me senti nada bem e foi talvez pela fragilidade deste que a minha articulação coxo-femural deu sinal, pois tive de fazer um esforço acima das minhas possibilidades para poder controlar todas as células do mecanismo.
Ao nível da camada profunda não foi nada mau. Todos os músculos subjacentes se empenharam bem no movimento das lombares e as rotações, feitas a partir da base da alavanca, foram perfeitas.
Que posso dizer? Aconselhar-vos, claro. A actividade física só tem vantagens!
Por isso… toca a treinar pelo menos uma hora por dia.
Ah… e nunca esquecer os alongamentos, antes e depois dos treinos.

19 comentários:

mfc disse...

O esternocleidonmastóideu sei onde é... mas o grande oblíquo não!!!

Fatyly disse...

Só mesmo a força de uma fausta paixão para se vir de barriguinha cheia!Mas com tanto besunto os galãs não são escorregadios? que horror!
Obrigado pelo conselho mas não vou para não sair de maca lollll
mfc o "esternocleidonmastóideu" fica aonde? se calhar um pouco abaixo do grande oblíquo ou acima?
ahahahahah

Recompõe-te oh Fausta e agora não pares!

Um bom fim de semana

ivamarle disse...

é sabido que o exercício faz bem ao corpo e à alma, mas como agora está na moda o "tranversal", acho que o grande oblíquo é politicamente correcto...
(se não percebeste nada, não faz mal: eu também não...)

BlueShell disse...

Gostei do título do blog, do post...e do blog
Beijo enorme, BShell

chuvamiuda disse...

.....não me alongando, mas sempre te digo, acho que às vezes escondes, algum desespero com o avolumar do musculo, mas ninguém é perfeito, não te alambazes porque recuperar de uma qualquer lesão, é sempre um processo moroso e doloroso.....

Beijinho

Maria Manuel disse...

Faustinha
Para além do ginásio, tb foste ao livro!!... Teoria aliada à prática: nada mau!

peciscas disse...

Ficamos perfeita, completa, profunda e definitivamente esclarecidos.

sem cantigas disse...

cuidado com o pescoço: engrossa

mixtu disse...

muita ginastica, eu... vou descansar, lol

Su disse...

ufff... cansei....

jocas maradas:)))))

mixtu disse...

lol, vejo porque "não compreendo os homens", lol
yayayayay, copos... nem te vou convidar...lol

Hipatia disse...

Eu por acaso gosto muito de exercitar a vista enquanto vejo exercitar os glúteos (masculinos, claro!) :)))

Obrigada pelos parabéns!

Mac Adriano disse...

Não me parece que me consigas convencer a tanto esforço físico. Só de ler isto já fiquei cansado, quase transpirei.

mixtu disse...

A vida é real tal como a ginástica... como será beber um copo virtualmente?
jinhos

Rosario Andrade disse...

Bom dia!
Nem a proposito... comecei a ir ao ginasio de novo. De vez em quando dao-me uns rompantes, fico toda entusiasmada com a coisa... mas o entusiasmo nunca dura... mas claro, muita da vontade de voltar depende da paisagem que se ve no ginasio.
Bjico

Damelum disse...

Conheci Fausta através de Baco, melhor, vi Baco por intermédio da sábia pena de Fausta. A esse eu ainda reconhecia o traçado. Mas o "oblíquo"? E eu, com tendências para as "imagináuticas", vejo-me perante mil imagens. O grande oblíquo. Extraordinário...

Lúcia disse...

bela descrição, mas para mim não dá.
tenho muita preguiça!

Mushu disse...

Os teu conhecimentos de anatomia fascinam-me.
;)

Jotabê disse...

Alongamentos depois de um treino de cargas, e em especial se for treino de força, não é muito aconselhável. Lesões