domingo, março 05, 2006

Mal empregados!!!

Voltei, pois, à minha vidinha de faustapaixonada ou em vias disso depois de ter confirmado que não vale a pena entrar em lutas de grande monta para lugares cobiçados por milhares de esfomeados da fama, embora esse seja o estímulo nacional neste instante das nossas insípidas vidas de cidadãos sem futuro na produtividade mundial.
Mas dizia eu que voltei às lides. E nem foi preciso puxar muito pela cabeça, bastou sentar-me numa sala de cinema, onde tinha ido sozinha para ver se não me distraía com as mãozinhas dos companheiros que se estimulam em qualquer ambiente escurecido.
Estava a tentar perceber como se quebra um mito, visivelmente incomodada com o amor expresso entre dois duros do oeste que devem ter-se deixado hipnotizar pelos instintos das vacas e respectivos machos cobridores, quando o meu companheiro de plateia me disse baixinho: “olha que nem todos sucumbem às tendências da moda!”
Olhei para ele, ainda um pouco incrédula e já com as luzes acesas dei de caras com um exemplar magnífico do lindo sexo.
Palavra puxa palavra, opinião puxa opinião, corpinho puxa corpinho… e eu tive de ir confirmar aquele aparato promocional, coisa a não perder nos dias que correm, pois normalmente uma mulher olha para o lado, entusiasma-se e logo de seguida já o rapaz está a ser abordado pelo namorado, que rapidamente o livra de olhares femininos. Se não acreditam passem pelo Chiado.
Mas devo dizer que a confirmação, desta vez, valeu o dia. Ou a noite?

16 comentários:

mfc disse...

O que me intriga é que tenhas tido que aguardar pelas luzes para aquilatar da envergadura do dito!!

Mac Adriano disse...

"Exemplar magnífico do lindo sexo"? És lésbica, portanto...

pirata vermelho disse...

a escrita é tua! tem a graça de quase sempre
o deslindar descamba, infelizmente

( e não 'digam' qu'eu sou coiso por isto porque não me sinto nem me acho )

pirata vermelho disse...

o macaco éthe wit em pessoa

passe o enguelezismo

pirata vermelho disse...

mfc - um caso de delicadeza e elegância

"aquilatar da envergadura do dito"

Fausta Paixão disse...

oh pirata, o que tu querias era ler a descrição da dita... propriamente...
mas eu desta vez nem tive tempo de "aquilatar" bem aquilatada a envergadura do dito... ou antes, tive tempo mas estava mais preocupada com as minhas reflexões que já andam a ultrapassar a questão da tolerãncia e do respeito, que era uma coisa de que costumava orgulhar-me antigamente!
E não é pelos cowboys, coitados... é pela filosofia que está por detrás de tudo isto... é que já me enfastiam os pós-modernismos levados à letra e... confesso que estou farta de paneleiragem propriamente dita.

pirata vermelho disse...

de qual 'dita' queria eu a descrição, fausta?

Fausta Paixão disse...

e eu sei lá! como disseste que não te agradou o final da história...
... foi só um supônhamos!

-pirata-vermelho- disse...

ah... Ich verstehen Sie!

-pirata-vermelho- disse...

(Fizeste bem. Chega de estampanços, hoje...)

patologista disse...

Confesso que me espanta a quantidade de gente que tem blogs bem escritos, com opiniões bastante interessantes, mas que não resiste a mostrar a sua costela anti-gay.
Gostamos tanto de proclamar os nossos direitos e liberdades mas neste caso estamos sempre com um "mas" pelo meio.
Por mim continuo a não me importar com os gostos sexuais dos meus amigos ou amigas. É com eles. Que sejam felizes é o que lhes desejo.

chuvamiuda disse...

....eu sempre que aqui venho, bem te aviso, tu só andas por maus caminhos, (e já agora a propósito de caminhos, perdeste o meu, deixa não faz mal lá por a coisa não ir ao coiso, vem o coiso à coisa, fica o assunto resolvido).....
Beijinho!

jakim disse...

ê tamãe axo que um bló bãe excrito tãe sempre cualquer coiza de guei e pur iço hé que não arrisco. Nã vão hás vezes pençar coizas e tal. Nã. Ê té já nãe cumento ãe blós bãe excritus. Hé muinto arrescado. Antigueimente ajente não tinha quesse priocupar com estas coizas. Mazeu priocupu-me. Hé que plo andar da carruajãe e plo perinssipio do cãe não hé a meu favor hé cãotra mim, esta coiza do gueiismo inda se torna brigatória e lá tanho eu quentrar na clãodestinidade.

Bífido disse...

Não há sangue?

Lúcia disse...

ai Fausta, ninguém te trava.

nem a tua verve! :)))

chuvamiuda disse...

......MULHER.....
BIG KISS