sexta-feira, dezembro 16, 2005

Nas lonas

A minha amiga Hipatia, além de ter amigas que lhe dedicam quadras, tem também um amigo que lhe faz desenhos. É o Gaivina, que nem tem nome de gente, mas enfim...
Eu não sei se ela é como ele a pinta, mas que ele tem jeito, lá isso tem.

Ora vejam...


Anda uma gaja a dar voltas à vida e de repente vê-se nua.
Fosga-se qu’os homens são do piorio e já me estou quase a passar.
Convidou-me p’ra jantar. Paguei. Está certo. Era só a minha parte, mas já não há gajo nenhum que convide e pague, nem os cotas.
Depois levo-o para casa, que o menino vive em casa da mamã com mais dois irmãos quarentões.
Velas na mesa, musiquinha chillout para descontrair e aroma de mentol nas velas. Tudo à maneira.
Que gostava de me ver deitada, que me despisse e representasse uma cena erótica, que soltasse os cabelos sobre as mamas, que tinha o fetiche das roupas femininas. E eu a ser levada! O gajo era bom, é verdade, mas eu nunca mais deixo de ser ingénua.
Bem, ingénua… ingénua não serei; o que sou é assanhada, pronto, reconheço-o publicamente e não tenho que me intimidar com as confissões porque aqui vale tudo.
Depois lá fico eu a fazer de mona: tapo a mama, destapo a mama; viro-me de frente, viro-me de lado, viro-me de costas; ponho a mão, tiro a mão; volto a pôr a mão, deixo a mão; ajoelho-me, levanto-me, passo a mão p’lo pêlo, mexo as ancas, remexo as ancas...
Quando olho para o gajo está ele vestido com as minhas roupas! Imaginam a cena?
“És um anjo”, dizia ele, “e eu quero ser como tu, deixa-me cair nesse abismo feminino que me atrai e onde sinto desabrochar a minha natureza”. Desabrochar? E eu à espera do quê?
Vai na volta agarra-se a mim e implora “bate-me, enfeitiça-me e deixa-me ser como tu!”
……
Porra!
Não é filme, não!
Aqui vai o desenho dos restos.
A Fausta abandonada, com este corpinho danoninho ali sozinho e desolado e o gajo a fugir c’as roupinhas e a enfiar-se no elevador. Só lhe vi os restos de rímel a desfazerem-se em borrões pela cara abaixo. E lá foi a colecção toda do Paulo Coelho pelas escadas, que era o que estava mais à mão e enquanto o elevador não chegou comeu com todos em cima!
Mas o pior mesmo foi a bola de cristal. Isso sim é que foi uma pena!

25 comentários:

Leo disse...

Oh mulher! que não há volta a dar-te com os homens! :-) está demais, sempre original!

Toze disse...

Carago Fausta Maria, não tens sortinha nenhuma com os gaijos !!!

Porque não tentas as gaijas, hein ?

Estou a visualizar mentalmente esta cena: "tapo a mama, destapo a mama; viro-me de frente, viro-me de lado, viro-me de costas; ponho a mão, tiro a mão; volto a pôr a mão, deixo a mão; ajoelho-me, levanto-me, passo a mão p’lo pêlo, mexo as ancas, remexo as ancas..."

és o máximo :))))))))

Lúcia disse...

parece que essa tirada é um êxito. fiquei cansada com tanto movimento.
do Paulo Coelho não tenho muita pena, agora a bola... valha-me Deus! que vai ser de nós, agora que não tens a tua arma? e num ligues ao Tozé, continua numa de gaijos. dão mais pano para mangas LOLOLOL

peciscas disse...

E levou-te os trapinhos inda por cima. Com esta crise e tudo e vais ter que comprar roupa nova.
A sorte do gaijo foi não teres à mão a Grande Enciclopédia Luso Brasileira em 30 e tal volumes...

gaivina disse...

Fizeste muito bem jogar fora os Paulo Coelho! Eh!EH!EH!
Claro que não tenho nome de gente... Quando souberes, pela página da Hipatia, a verdadeira história da mulher desenhada...vai ser curioso.
Obrigado pelo texto

Hipatia disse...

Fausta, amiga, um gajo que escreve um livro a dizer que uma queca deve durar (só) onze minutos, merece bem ser arremessado à mona desse outro cromo que é daqueles que nos recordam os tantos que há que nem *****, nem saem de cima.

E, pelo amor dos deuses, salva-me a bola de cristal, para ver se se salvam as quadras e os caramelos do futuro :)))

Obrigada!

Fausta Paixão disse...

Poi olha... esta nem começou!
E lá teve a miúda que se dedicar aos lavores femininos. Trabalho de mãos, tázaver?!

mfc disse...

Aquela cena do tapa destapa, viro-me para um lado, viro-me para o outro...fez-me lembrar as aulas de ginástica no Liceu com um Professor de sessenta e tal anos!
Olha do que me fui lembrar!!
E pagaste metade??
Vivam os novos tempos...

Rosario Andrade disse...

Ai, querida Fausta, el ja nao fazem homes comantigamente... mas olha que esta joiazinha que te saiu na rifa... caramba!

Esta excelente! fartei-me de rir!!!!!!!!! tapa e destapa, poe a mao, tira a mao... brilhante. Estas cada vez melhor e mais assanhada! E nos adoramos!!!!

Bom fim de semana!
Abracicos1

pirata vermelho disse...

maria diz 'original'
toze diz 'o máximo'
lima fala de 'exito'
gaivina agradece
hipatia envia um línguarejar vivaço
e tu, embandeirada em arco, com o sorriso alvar estampado na carinha bomboca, replicas, em tom de zona j, como se tudo não fosse graçola gasta, mínima, sem alarde, sem matéria que se refira.
apesar da agilidade escorreita; que não sei se tendeis quando bem sabendeis

Fausta Paixão disse...

Pois em tom de zona J é qu'é replicar d'engenho, pirata vermelho;
Não fosse a Fausta mulher coerente,p'r'animar a gente!
E como se não chegassem as massagens, que animam de verdade, vens tu ainda dizer que é escorreita a agilidade.

Em arco, mesmo é o meu embandeirar
embora a graçola te esteja a enfastiar.

Pois bem!
Estás em vias de compreender
O grande mistério que é ser mulher!

Joaninha disse...

Ai Fausta! Nem sei que diga! Se é ficção… está muito realista… é que tenho uma paixão de endoidar por algo igualzinho… e parecia tão “macho”… Ai Fausta, nem sei se contar…mas um dia destes mato-me! Ou mantém-se a paixão pelo que está sob a tumba…ou viro para um caso neutro… Realmente podemos juntar as sortes e mesmo sem bola de cristal… vamos usar a de sabão… ao menos vai com o vento… Tenho de ir ver se a vizinha ainda está acordada, para lhe pedir uma mezinha para ver se durmo… ai que aflição… Mas tem calma, melhores dias virão…eu já espero há uma carrada de décadas…

Mushu disse...

Não me digas que partiste a bola de cristal, carago!

Fausta Paixão disse...

Pois, Mushu, acabou-se o meu tempo de glória. Agora, com textos a cheirar a zona J de que é que vou viver??
Nem a revista Maria me contrata, quanto mais a Caras.
Acho que vou telefonar à Margarida Rebelo Pinto para ver se ela quer inspiração para as cenas de cama.

pirata vermelho disse...

"Em arco, mesmo é o meu embandeirar
embora a graçola te esteja a enfastiar."

1
oh fausta olh'a métrica
que do 'mesmo' nem se fala
que quer dizer tal poética
que me deix'aqui de bengala?

2
e a latitude e a lata?
pa dizer que quase estou...
é verbo de malapata
é verbo de 'já lá vou'!

Lilly Rose disse...

:lol::lol:lol:
bem, se tinhas a colecção toda do Paulo Coelho ele apanhou com uma chuva de paralelipedozinhos! talvez tenha metido o alquimista no bolso e ainda fica a gostar e aprende umas coisas como começar tb a ler as crónicas do escritor em tudo o que é revista (arre!), ou a assumir o rímel, vestir um vestido e fazer o caminho de compostela e deixar de chatear danoninhos ;)

ivamarle disse...

lá o resto ainda vá que não vá...e o Paulo Coelho que se f***, mas a bola? deixaste-o levar a bola ou deste-lhe c'o ela? e agora? como vamos saber do nosso destino carago; rais partam os homis...

perola&granito disse...

Boas Festas

polittikus disse...

Engraçada a tipa, muito engraçada... hhehehehe

Eridanus disse...

pois... quando se pensa que os homens são feitos de barro... e se tem veleidade de oleiro (não será?), mas, ao mesmo tempo, se aspira ao calor da mão que lhe torneie o torso... nada, nada disso menina: somos apenas sombras de outros tantos (ou mais) sonhos: os seus e os nossos :)

stela disse...

Irra! Isso é que é azar!
Mas mandares com os livros... os livros não! E a bola de cristal? isso faz-se? E agora como vais adivinhar o resto?
Beijos

P.S. Adoro os teus textos!

nokinhas disse...

Como sempre fizeste-me rir. Essa da bola de cristal é que foi pena! Então e agora, com esses problemas todos como é que te governas?

a sua vizinha disse...

Ó vizinha Fausta, que pouca sorte a sua! Cada marmanjo que aparece é pior do que o outro, chiça! Foi pena a bola não lhe ter acertado na tola! Olha lá, já foste à Pollux comprar outra? Não deixes as tuas consultas que tanta falta me fazem! E com cartas? Não te entendes?

kimikkal disse...

off-topic: Com que então queres conhecer os homens, einh?

Conheces a Pirâmide das Necessidades de Maslow? Não?

É utilizada em Psicologia para representar as necessidades de cada um, as quais se dividem em "primárias" e "secundárias".

As primeiras têm a ver com o nosso instinto animal, comer, beber, sexo, dormir, etc.

As segundas têm a ver com necessidades sociais e de afecto, como afecto, aceitação social, etc.

As primárias servem de base e as secundárias estão no topo.

Agora chega a parte interessante:

As mulheres têm uma pirâmide em forma de ogiva, os homens pelo contrário, têm a base da pirâmide bastante larga e o topo fino.

(é pá, isto está mesmo bom, tenho de fazer um post com isto!)

Didas disse...

Feliz Natal m'lhéri!!!