terça-feira, novembro 08, 2005

Quadras para um revolucionário nu

Puxam-me pela inspiração e depois queixam-se!



Ó homem de deus
Que fazes aí
Que triste figura
Que pensam de ti
As gentes que passam
Pela estrada fora
Olham para ti
Vão-se logo embora
Perdidas de riso
Assim como eu
Que não tenho siso
Quando olho p'ró teu
Cartaz todo escrito
A tapar os pés
Olha bem p'ra mim
Diz-me lá quem és
Que eu não te percebo
Nem sei quem te ama
Por amor de deus
Que queres na cama?
Uma revolução
Feita pelo povo
O punho erguido?
Companheiro novo?

Não leves a mal
Minhas intenções
Mas vê lá se vestes
Um par de calções!

F.P.

4 comentários:

cm disse...

não é questionar um desnudar...de alma?????????

Fausta Paixão disse...

Pode ser a alma, cm, mas o que fica à mostra é assim para o deslavadinho!

mfc disse...

Tá giríssima esta tua ode... com muita piada!

Anônimo disse...

Very nice site! 1995 mercedes benz c280 pamela anderson ky derby Golden blond with big tits http://www.fitness-7.info